2008-02-21

...

Ás vezes acontece que vejo coisas que as pessoas não dizem. Escuto o que lhes fica guardado a meio da garganta e isso de certa forma perturba-me. Tenho pena que não possamos simplesmente fazer as coisas que gostamos e que as nossas caras metades não entendam que a vida é feita de cores que não são obrigatoriamente as cores predefinidas. Ele costuma dizer-me que sofro demasiado e fico demasiado magoada com coisas pequenas e que os outros não se importam nem dão importância a coisas pequenas. MAS são as COISAS PEQUENAS que transformam os momentos simples em momentos inesquecíveis! Pois, mas nem todos se importam com coisas pequenas. Às vezes é preciso saber fazer concessões para se chegar a um acordo, ás vezes a vida é cruel e leva-nos a percorrer caminhos que não queríamos… Hoje sei que há coisas que não posso nem devo abdicar em prol de ninguém. Aquilo que sou, o que gosto e me faz feliz não pode ser transtorno para ninguém, principalmente para as pessoas que estão comigo, que fazem parte da minha vida. Se isto não é perceptível para eles, talvez não vejam como sou, talvez não saibam quem sou. Talvez… Às vezes não é assim tão simples e nem sempre vejo como deve ser, porque a emoção deturpa o meu entendimento…

3 comentários:

karoxinha disse...

Olá

sabes... hoje quase que parecias eu...

mas é verdade... são coisa muito pequenas... daquelas que quase não se veem que nos fazem felizes... ou q nos deixam numa tristeza sem fim... ifelizmente nem todos somos iguais... e ha uns q sao mais sensiveis q outros por assim dizer...

tu és uma pessoa mto sensivel... e eu gosto disso... gosto de ti assim...

o ratao muitas vezes diz-me o mesmo que o teu "ele" te diz... para eles são nhoquices, para nós sao pequenas-grandes coisas...

deixa o tempo passar... ele ajuda a sarar o que quer que tenha ficado magoado nesse coraçãozinho lindo...

bjinhos karinhosos
karoxinha

Alexa disse...

Como eu te compreendo naquilo que escreveste!...

Também eu sofro demasiado e, por vezes, fico magoada com coisas pequenas a que os outros não dão assim tanta importância.

Mas a vida é mesmo assim, e não quer dizer que isso seja mau!
Todos temos que conviver com os defeitos e feitios daqueles com quem vivemos (e convivemos), tentando adaptarmo-nos o melhor possível uns aos outros e, sobretudo, não os querendo mudar!

Bjs e bom fds

karoxinha disse...

Olá

vinha eu aqui toda lampeira a espera de comer uima fatiazinha de bolo... e dou de caras na porta... ora bolas...

Priminha muitos muitos parabéns... que sejas sempre muito feliz... sempre...

bjinhos karinhosos de bom fds
karoxinha

eXTReMe Tracker