2008-07-30

A seiva da vida!

"A Seiva de Palma Existe nas regiões tropicais um tipo de palmeira, a palmeira de áren que produz uma seiva adocicada. Assim como no hemisfério norte há um só tipo de ácer que produz a seiva alimentar doce, também no trópico existe apenas um tipo de palmeira de cuja seiva se pode extrair este tipo de mel. A sua seiva obtém-se cortando a extremidade da palma quando esta começa a florir. Do talo cortado, a seiva cai gota a gota para um recipiente de bambu. Homens ágeis sobem e descem rapidamente duas vezes por dia para esvaziar os recipientes e colocá-los de novo.
A Seiva de Ácer Esta seiva provém dos densos bosques de ácer (Acer sacchrinum L.) da América do Norte onde os índios já conheciam a arte de extrair desta árvore a sua doce seiva preparando com ela um xarope que se conservava facilmente. Existem relatos de padres franceses, que datam de 1673, que descrevem o processo de colheita e preparação do xarope feito pelos índios."
Que bonito!

3 comentários:

Anónimo disse...

gosto da parte em que os índios sobem e descem duas vezes por dia...
d.

Ivan Frias disse...

deixa de tomar essas mer*** e vai a Lisboa ao cabeleireiro buscar aqueles compridos que fazem as bacanas andar uma semana sem dormir e sem comer :P
Cumps.
Ivan Frias

Liliane disse...

Isso não tá facil!!! hehe
Força...

eXTReMe Tracker