2012-07-16

Quase 8






Prestes a fazer 8 meses, é uma fonte inesgotável de doçura e ternura. Calma como só ela. Tranquila.
No sábado fomos à praia. Foi a sua primeira vez de pé na areia. A julgar pelo mano, imaginei que tudo lhe parecesse estranho. Nada. Tranquila no seu estilo inconfundível. Pé na areia a mexer, mãos a apanhar areia e analisar os grãos que delas caiam. Não chorou, não estranhou nada. Depois avançamos até à beira mar e se julguei que ai recuasse, novamente me enganei. Do meu colo inclinou-se para o mar. Baixei-me e deixei os seus pés na areia molhada. O mar, delicado estava nesse dia, tranquilo veio lhe beijar os pés e ela... oh senhores, ela sorriu.
Se por ser a minha segunda filha e se julguei saber mais dela por ter antes o irmão, redondamente me enganei. Aprendo com ela coisas novas todos os dias. Os olhares que me faz, a forma como vê as coisas que a rodeiam. A sua reacção aos acontecimentos e pessoas... tudo novo. É aprender a ser mãe outra vez.
Com ele era assim, com ela é assado! assim e assado não são nada iguais, em nada! 
Aprender a ser mãe outra vez. Sim, quero que ambos tenham a mesma educação. Sim, quero-lhes transmitir os mesmos valores, o mesmo amor. Mas sou mãe da Luísa e mãe do Duarte e eles são tão diferentes.

1 comentário:

karoxinha cris disse...

oh Betinha, ela está tão giraaaaa... que sorriso tão doce que ela tem... adoro... adoro mesmo...

as minhas são diferentes como a noite do dia... e a água do vinho... a mesma educação, os mesmos principios, o mesmo amor... o mesmo tudo... mas isso não quer dizer que sejam iguais... muito pelo contrário...

Beijocas nos quatro...

eXTReMe Tracker