2008-11-01

No creo en brujas...

Nem sei bem por onde começar. Os últimos dias não têm sido generosos comigo, ou então não tenho estado aberta para eles. As alterações hormonais a que me sujeitei neste último ano
não têm ajudado e as complicações da vida "adulta" também não.
Sinto falta de mim. Ainda que faça quase tudo que me proponho, ainda que tenha conseguido concretizar alguns dos meus sonhos, tenhos outros tantos por satisfazer e a busca constante de uma constante deixa-me fora de mim... Ás vezes sou mais eu, outras vezes não.
Deambulo entre o que faço e o que devia fazer, ou o que é suposto fazer, ou o que os outros supoem que faça... são muitas suposições!
A questão é que ultimamente não tenho tido grande paciência para ninguém, (incluindo o meu próprio filho, coisa que considero injustificável) e isso deve-se sem dúvida a esta "falta de mim" e com isto nem sei muito bem como explicar. Não explico, escrevo para exorcisar.
Tenho tido a tensão desregulada, novamente. Já marquei consulta. Já não aguento mais as dores de cabeça e a vida continua e não posso parar.
Gastroenterite é a "doença" que o miúdo tem. Terrivel vir da noite de Halloween e dar com ele todo vomitado, envolto numa diarreia nauseabunda. Coisas da vida, como a minha própria mãe fez questão de me lembrar. Numa noite que acabou de forma absolutamente estranha, diria, como alguém me disse, foi das bruxas!
No creo en brujas, pero que las hay, las hay!
Alguém me sabe dizer quem é o autor desta célebre frase?! Não sei e devia saber e esse facto também me incomoda!

5 comentários:

Lu disse...

É de matar...

karoxinha disse...

Olá

é daqueles dias, que mais vale fugir...

quanto a frase é um proverbio espanhol...

espero q estejas melhor da gastroentrite...

bjinhos karinhosos
karoxinha

Leandro disse...

Todo cagado e todo vomitado?
Mas que beleza!
Houve uma ocasião (no ano passado, creio) que meu mais novo esteve assim. Ao contrair o abdomem para vomitar, de um lado, jorrava cocô aguado de outro...
E adivinhe só quem teve de limpar aquilo tudo.

Liliane disse...

Deve ter sido mesmo das bruxas...

baldocas disse...

Pois é Betinha, os miudos tem destas "prendas", mas com alguma calma lá se vai andando, eu sei o que isso é. Força, e as melhoras.
bjokas

eXTReMe Tracker