2008-11-17

Trem das onze

Não posso ficar Não posso ficar Nem mais um minuto com você Sinto muito amor Mas não pode serMoro em Jaçanã Se eu perder esse trem Que sai agora às onze horas Só amanhã de manhã E além disso mulher, tem outras coisas Minha mãe não dorme enquanto eu não chegar Sou filho único Tenho minha casa pra olhar Gal Costa
Esta é a música que possui a minha cabeça, hoje... cá exorciso!

2 comentários:

Tanita disse...

Engraçado que, quando me lembro desta música, nunca é cantada pela Gal...

Mas também não te sei dizer por quemé cantada...

Kris disse...

Esta semana também andou na minha cabeça.
Gosto muito desta música, lembra-me outros tempos....

eXTReMe Tracker